Chegamos tarde, chegamos…

    10710847_370595979761635_5641127494212720650_n

    Mas nós da Pua Experience não poderíamos deixar de parabenizar aquele que para nós é o melhor PUA em ação atualmente. Adrian L. Villar, fica aqui nossos parabéns pela linda filha que nasceu recentemente. Esse é um grande passo não só como um mestre pua, mas como homem. Começar a estudar sedução aos 16 anos e chegar ao auge aos 19 – 20 não é pra qualquer um e nós da PE esperamos que não pare por ai.

    10352839_638094442941197_2075003023910926109_nAdrian Villar em Ação!

    10415630_317782261709674_5397667402781061133_n (1)

    Novamente em Ação!

    10419415_317782275043006_1889954985048807149_n

    Novamente provando o porque ser o melhor!

    Um cara que conheceu e hospedou Sasha Daygame, conheceu Bad Boy e está para trazer Alan Roger ao Brasil é realmente fora de série e não pode parar por aí. Você ainda tem muito pra mostrar pra gente,

    Essa é uma pequena homenagem de nossa equipe

    Um abraço da Equipe Pua Experience,

     

    Acho que cada dia que se passa, o cavalheirismo vem morrendo e dando lugar para uma geração não só de PUAs, mas de homens ignorantes e com um pensamento turvo e limitado.
    A grande quantidade de pessoas que tentam se provar mais Alfas do que os outros, somados com uma alienação imensa em que a comunidade vem se tornando, está fudendo de vez a interação entre homens e mulheres. Não se pode mais fazer um ato gentil ou cavalheiro para uma mulher que isso o te torna um beta, um cara sem valor ou que está fazendo de tudo para conquistar a mulher.

    Mas agora vou tentar colocar uma coisinha na cabeça limitada de vocês, senhores “Manginas”:  Não é só esnobando uma mulher ou a menosprezando que você vai conquistar uma mulher, uma menininha até funciona, mas não uma mulher”

    Estou falando para se submeter e fazer tudo que ela quer? NÃO CARALHO! Longe disso. Não estou falando para tu ficar mandando flores ou sendo um cara legal, só estou dizendo que um ato de abrir a porta de um carro, fazer um comentário carinhoso ou pagar um cinema de vez em quando é algo que todo homem deve fazer. (Do mesmo modo que toda mulher deveria saber pagar um boquete bem dado)

    Algumas pessoas podem chamar isso de feminista, apesar de que eu nem sei direito o que o feminismo defende.  A questão é a diferença entre um moleque e um Homem (H maiúsculo). Um homem não se importa em fazer algo para fazer a mulher se sentir especial, mas ele sabe a hora e situação para isso e TIRA PROVEITO DISSO.
    Um dos Artistas que eu mais admiro na comunidade, se não o que eu mais admiro, Zan Perrion já falava:

     Eu sempre fui fascinado por mulheres. Alias, as mulheres têm sido o principal motivador da minha vida. Eu já passei muitos anos na companhia e nos braços de mulheres e tudo aquilo que eu faço é descrever a beleza que vejo. Assim, presumo que o conceito do Ars Amorata seja o resultado da minha relação amorosa com as mulheres. É como se eu sentisse que através da mensagem Ars Amorata,  estou a agradecer às mulheres, de certa forma, a beleza que elas acrescentaram à minha vida durante todos estes anos. Por outras palavras, ajudar as mulheres ajudando os homens.

     

    Ame as mulheres, faça-as se sentir especial.  Ser cavalheiro não é buscar tomar atitudes para que a mulher se atraia por você, mas sim tomar atitudes que façam as mulheres que você considera dignas, se sentirem especiais de certa forma. Não precisa ser algo grandioso, apenas abra a porta de um carro, fale algo carinhoso, alguma coisa com significado para ela.

    cavalheirismo

     

     

    Pra finalizar:

    “Jantares, bebidas. Nunca estou realmente interessado…mas sempre digo a mim mesmo o quanto ela é bonita. Porque é verdade. Todas as mulheres são. de uma forma ou de outra. Sempre tem algo em cada uma delas. Tem um sorriso, uma curva, um segredo. As mulheres são criaturas incríveis. É o trabalho da minha vida…mas então chega a manhã seguinte… A ressaca, e saber que não estou mais disponível como eu achava que estava na noite anterior. E ela já foi. E fico angustiado por outra oportunidade perdida. ”

    Hank Moody

     

     

    Já faz 4 meses que eu não escrevo nada, bloqueio criativo e falta do que escrever é um serio problema. Hoje então decidi fazer um chá ( minha cafeteira Nespresso quebrou) e sentar a bunda na cadeira e escrever algo.

    Ultimamente algo nos grupos de Pick-Up Art no facebook vem me chamando atenção, então quis fazer um post exclusivamente falando sobre isso. A quantidade de pessoas postando fotos de publicações ou videos de outras pessoas fazendo coisas chamadas de “betas” e julgando essas pessoas é maior que a quantidade de material útil que se pode tirar de tais grupos.
    Esses novos PUAs estão mais preocupados em zoar e julgar outras pessoas pelas suas atitudes é maior do que a vontade de aprender e evoluir, e se desenvolver pessoalmente.  E PUAs veteranos procuram também julgar ao invés de ajudar e dar dica para os novatos. 

    Agora quero fazer uma pergunta a todos. Quem diabos somos nós para julgarmos a atitude de alguém e à classificarmos como sendo BETA ou ALFA?  Por que temos essa tendencia de nos preocuparmos com o que os outros fazem do que procurar melhorar as coisas em NÓS MESMOS primeiro?

    Dando alguns exemplos… Muitos da comunidade devem conhecer Hank Moody, do seriado Californication. Não é segredo que a personagem come milhares de mulheres e é considerado para muitos (inclusive pra mim) como um puta de um sedutor.  Eu tava assistindo e uma cena me chamou atenção. O Hank estava pintando as unhas de uma prostituta e não queria pega-la porque estava junto com a Karen, mulher na qual ele ama completamente. Alguns dias atras, vi alguém postando a foto de um menino pintando as unhas da namorada falando “Esse ai é um Beta, não sei como conseguiu namorada.”  e milhares de pessoas comentando a mesma coisa.
    Qual é a diferença do Hank e do garoto? Pra mim não vejo diferença nenhuma, os dois queriam fazer aquilo e fizeram, sem se importar com a merda que os outros iam ficar falando.

    Outro exemplo, eu curtia muito minha namorada. Ela terminou comigo no começo de Agosto, e eu fiquei completamente acabado. Quem me conhece sabe que nunca fui de ter relacionamentos sérios,  e viram o quão mal eu fiquei por causa desse termino. Ficar e transar com outras garotas não era o suficiente pra mim, e eu tava perdido sem saber o que fazer. Então pensei “que se foda, eu vou pegar o próximo avião para Belo Horizonte e vou la falar com ela, resolver as coisas”. Bastou tomar essa decisão e comentar no Facebook que eu iria fazer isso, que milhares de pessoas começaram a me chamar de Beta, de otário, e de não sei o que la mais. Acabou que ignorei e peguei o voo na manha seguinte. Tudo bem que não deu em porra nenhuma e a gente não voltou (o que pra mim hoje está sendo bem agradável por sinal hehe).  Mas aquilo tirou um peso imenso das minhas costas, e eu depois disso fiquei mais tranquilo. Eu ignorei essa parada de “será que essa atitude é alfa ou não?” e fiz o que eu queria fazer e que achei que ia ser melhor, e foi!

    Então parem de procurar julgar as atitudes das outras pessoas e deixar de fazer coisas que vocês querem fazer e não fazem pois não “seguem o padrão” e FAÇAM O QUE QUEREM FAZER. A única pessoa que poderá te julgar por isso é você mesmo, então FAÇA!

     

     

    19
    set

    Carpe Vita.


    Muitas coisas me aconteceram nesse último mês. Passei por uma fase meio depressiva, pensamentos negativos e atitudes que não são da minha natureza fazer. Foi um processo de evolução e que me fez progredir de uma maneira na minha vida,  em vários sentidos, e acredito que me fez encarar as coisas de uma outra maneira.

    Eu fui na Livraria Cultura antes de fazer essa viagem, e decidi comprar um livro sem ler a sinopse, só pela capa e título. E ironicamente, me deparo com um livro onde o personagem se depara com uma situação parecida com a minha, só  digamos que em uma escala de dez mil vezes maior.  Ao longo do livro, eu consegui sentir a agonia do cara, o que ele passou e o modo como ele consegue ir superando tudo e deixando as cicatrizes para trás.

    Eu conversando com um dos meus melhores amigos, Maurício, começamos a assistir o Direct Dating Summit (Aconselho a todos que saibam inglês a baixar esses 7 Dvds) e somado com a leitura desse livro, percebi o quanto a gente deixa de aproveitar a vida.
    E o pior de tudo, nossa vida é MUITO curta…Mais do que nós imaginamos.
    A gente deixa de fazer o que realmente queremos com medo de tentar, com medo do que os outros vão pensar e com medo de sermos julgados. Deixamos de aproveitar algo que podia render a melhor experiência de nossas vida por puro medo.
    Hoje eu decidi fazer algo que muitos podem achar loucura, me chamaram de doido, sem noção e até de Beta. Foi o fato de ter sido chamado de Beta por não me importar do que as pessoas pensam e procurar fazer o que eu acho que vai ser melhor pra mim, que me deu inspiração pra escrever, algo que não tava com cabeça pra fazer.

    Então é a primeira coisa que eu queria falar:

    Pare de pensar no que as pessoas vão falar de você ou como elas vão te julgar e faça o que VOCÊ quer fazer.  Deixe para se arrepender de algo errado que você fez do que se arrepender de não ter feito algo que você quis fazer.  Se você quer abordar uma mulher dizendo que ela é linda, vai la e fale isso pra ela. Você pode estar deixando de conhecer sua futura namorada/esposa.

    E a segunda coisa que eu vou falar é sobre a palestra do David X que eu assisti no Direct Day Summit e como isso afetou muito a maneira como eu vejo as coisas. Eu nunca tinha entendido direito as duas regras que ele fala, mas hoje mais do que nunca, faz um sentido gigantesco.

    1- Quem se importa com o que elas pensam?

    Eu encarava essa primeira regra como: “elas que se fodam, não importa o que elas querem, ou o jeito que elas se sentem, que elas não valem nada”. Hoje eu vejo que é mais que isso. Muito mais que isso. O que as mulheres ou outras pessoas pensam é importante sim, mas isso não é algo que está á seu alcance em mudar. Ficar pensando no que uma mulher está pensando ou no que ela quer, não vai mudar o pensamento dela em si. Então não se importe no que as pessoas pensam, e passe a fazer o que VOCÊ ACHAR QUE VALE A PENA!

    2- Você é a pessoa mais importante da relação.

    Isso é verdade. Mas eu procuro encarar essa frase de uma maneira diferente. Você é a pessoa mais importante em toda a sua vida. Você não pode deixar de agir e fazer as coisas que você acha certo fazer por causa de outras pessoas Você não deve mudar o seu jeito de agir e pensar porque as outras pessoas te falaram pra fazer isso. Faça o que você quiser.  Tudo bem que num relacionamento, você vai se deparar e fazer umas “manutenções” nas suas atitudes para que possam se encaixar com as da sua (seu) parceira(o).
    Só não mude suas ideologias.

     

    Então é isso, fiquei muito tempo sem escrever, andei com um bloqueio de ideias e não sabia o que escrever. Acho que esse artigo é pra tentar fazer pessoas desbitoladas começarem a fazer mais o que querem e parar de seguir a risca os materiais, porque você tem que fazer o que quer, não o que os livros dizem. Também para os que tem medo de sair, quebrar a cara, fazer o que acha que vale a pena…Caras, a vida é curta demais pra ficar com medo e não agir.

    E tenho um agradecimento muito grande a dois dos meus melhores amigos, Maurício Araujo e João Gabriel, que me fizeram abrir os olhos e a mente e seguir o que eu quero.

    Abraços

    Tiago Pace

     

    TitanA última palestra dessas caras foi um sucesso! Eles lotaram a sala! E querem repetir o acontecimento de novo. Esta é uma nova palestra, a última foi sobre “Além da abertura” e esta nova se chama “VENÇA O JOGO INTERNO” e vai acontecer no dia 5/10, no Rio de Janeiro. (novamente)

    E adivinhem, quem ganhou cupons com desconto? A PUA EXPERIENCE!!!

    O esquema é o mesmo, basta digitar PUAExperience no checkout, e você ganha 10% na sua compra. Como segue na imagem ao lado!

    - O que é esse ingresso WingMan?

    Johnny Vice é um cara criativo do caralho e bolou esse ingresso, que consiste em você pagar um pouco mais caro, mas ganhar 2 ingressos, para levar seu Wingman, aquele cara que serve de parceiro quando você está conversando com as mulheres, para a palestra junto! Porra, na boa, ou você da pro seu parceiro um ingresso de presente, ou você chama ele pra raxar a grana e economizar numa palestra muito boa!!!


    Página 1 de 1912345»10...Ultimo »